Arquivos da categoria: Notiícias

Fonte Grande

Caminhar pelo Morro de São paulo é como andar por um museu à céu aberto. O lugar faz parte da história do Brasil, desde a chegada dos portugueses. São vários casarões e construções que indicam um pouco de tudo que aconteceu por ali, desde 1500 até os dias atuais. Uma destas construções que possui grande apreço dos habitantes e dos turistas que visitam o Morro é a Fonte Grande. Ela foi construída em 1745, quando do período colonial brasileiro. A construção da fonte visava abastecer a necessidade de água potável da região, e por muito tempo serviu com este fim. Atualmente a fonte está desativada, já que há sistemas mais eficientes de distribuição de água, mas mesmo assim a fonte ainda está lá, como um pedaço físico da história.

São várias as lendas que giram ao redor da Fonte Grande, fato que alimenta tanto os mitos da região quanto o interesse dos turistas. Uma delas diz que o imperador D. Pedro II teria se banhado nesta fonte, quando em visita à região. Mas esta lenda não termina por aí, a lenda ainda diz que ele teria se banhado acompanhado de Domitília de Castro, a Marquesa de Santos, famosa amante de D. Pedro II. Outro lenda diz que a fonte d’água teria sido encontrada graças a um milagre de Nossa Senhora da Luz.

Acreditando ou não na veracidade destas lendas, quem for a Morro de São Paulo não pode deixar de conhecer a famosa Fonte Grande.

Fortaleza do Morro de São Paulo

fortaleza morro de sp - baMorro de São Paulo é um vilarejo na ponta norte da ilha de Tinharé, localizada no litoral bahiano. Por sua posição geográfica, foi um dos primeiros locais a ser habitado pelos europeus em terras sul-americanas. Agora vale lembrar um pouco das aulas de história, para saber que vários paises europeus batalharam por territórios brasileiros, e estas batalhas aconteciam principalmente nos mares. O litoral do Morro de São Paulo guarda nas profundezas de suas águas restos de naufrágios decorrentes dessa época, além de objetos super antigos que circulam pelos habitantes.

E em função deste passado historicamente carregado é que bem ao noroeste do Morro de São Paulo há uma Fortaleza, que tinha a missão de proteger uma possível invasão por parte de navios estrangeiros. O que interessava mais aos portugueses era manter uma fortaleza em um local estratégico, que protegesse as capitanias presentes no continente, com suas cidades e comércios.

As primeiras construções da Fortaleza do Morro de São Paulo datam de algo em torno de 1580 e 1640. Esta data é bastante adiantada se formos considerar que os portugueses chegaram em terras brasileiras em 1500 e iniciaram colonização em 1530. Quando da primeira invasão holandesa no Brasil, a Fortaleza já estava construída. Vindo a receber extensões e reparos ao longo do tempo. Entre 1699 e 1704 houve reparos, assim como entre 1720 e 1735, projetado por Dom Vasco Fernandes César de Meneses.

Atualmente, a Fortaleza acaba de passar por uma reforma, já que seu estado estava quase comprometido. Com esta reforma, é possível ver como a Fortaleza era ao longo dos séculos, logo após sua construção.

Os encantos e mistérios de Morro de São Paulo

Praia Porto de Cima - Morro de São PauloPara quem já foi para Morro de São Paulo, basta uma breve caminhada. Para quem ainda não foi, quem sabe uma pesquisada. Mas, seja como for, você vai sentir a energia totalmente única que tem o Morro de São Paulo. É algo de indescritível, que só se sente na íntegra quando se coloca os pés lá, se anda entre as ruas estreitas e sem automóveis, se conversa com os moradores da ilha, quando o mar molha os pés, quando se observa as construções históricas. Talvez seja algo por aí, o peso histórico existente no Morro é algo que poucas vezes se vê tão concentrado em apenas uma região. E talvez essa impressão fique mais forte pelo lugar ficar em uma ilha. Mas, de qualquer modo, conhecer o Morro de São Paulo é conhecer um pouco sobre a história do Brasil. Com os primeiros habitantes desembarcando em 1531, além de sua localização geográfica estratégica, muitas foram as invasões de vários países que aconteceram na ilha. Os morros da ilha já presenciaram grandes batalhas, e as águas que banham o Morro de São Paulo guardam segredos naufragados. Junto a isso, logo que se chega a Morro, entra-se por um portal, caminha-se pela rampa que era usada por portugueses, holandeses e escravos, se enxerga a senzala logo à frente. Lendas não faltam ao habitantes do Morro, e há quem jure que encontrou um cachimbo egípcio enterrado nas terras da ilha. Impossível não é, e só aumenta ainda a aura encantada e misteriosa da ilha.

Porque se hospedar num hostel?

Se você já se hospedou em algum hostel sabe que o clima de comunidade é um dos grande atrativos deste tipo de hospedagem. Começando pelos quartos, a sala de estar com televisão para todos e a cozinha coletiva. Aliás, é sobre isso mesmo que vamos falar. Muito mais que ser simplesmente um local para se deixar os pertences enquanto se conhece a cidade, o Hostel do Morro é um local propício para que você conheça pessoas de todas as regiões do mundo. Como se sabe, o Morro de São Paulo é um destino não só para turistas brasileiros, mas para pessoas de todo o mundo, que viajam em busca de praias paradisíacas, de um clima aconchegante, com pessoas afetuosas e com festas inesquecíveis. Além de ser um ótimo destino para quem está buscando esportes radicais. O Hostel do Morro, assim, lhe dará uma linda oportunidade de fazer amigos do mundo inteiro, conhecendo a cultura de vários lugares. Você pode aproveitar, inclusive, quando vier ao Hostel do Morro, para aproveitar as festas realizadas no próprio Hostel, com o objetivo de melhorar ainda mais esta integração entre os hóspedes. Uma outra dica que pode ser muito interessante para quem vai se hospedar no Hostel do Morro é aproveitar a cozinha coletiva. Realizar jantas coletivas é uma das especialidades do Hostel, e o clima de descontração é um dos melhores do Morro de São Paulo! Quando você vier ao Morro de São Paulo, não se esqueça de passar no Hostel do Morro e ficar por dentro de todos estes agitos!

Hostels e Viagens

Quando você viaja, em que tipo de hospedagem prefere ficar? Talvez em algum elegante hotel, com todo o conforto e serviços disponíveis, ou então na casa de algum amigo ou parente. Há também aqueles que prefiram a rusticidade de um camping e a proximidade com a natureza. Mas, junto a todas essas opções, há um conceito de hospedagem que chegou há poucos anos no Brasil, embora já fizesse sucesso em paises do exterior: o hostel. Para quem não sabe, um hostel é muito parecido com um hotel, mas apresenta como diferença básica a integração de mais de  um hóspede no mesmo quarto. Ou seja, você escolher se prefere um quarto privativo ou se não se importa em dividir o quarto com outras pessoas. O número nesta divisão pode variar bastante, dependendo do hostel. Em geral, quanto mais pessoas hospedarem o mesmo quarto, mais barato ficará. É justamente por isso que os hostels são hospedagens que apresentam um grande número de jovens, que não se importam tanto com as acomodações ou com privacidade exclusiva. Mas para quem pensa que os hostels não podem ser lugares refinados está muito enganado. Existem todos os tipos possíveis de hostels, desde os mais simples até aqueles com preços que se aproximam de caros hoteis. Aqui no Morro de São Paulo, o Hostel do Morro  é uma das melhores opções em hospedagem para você, com especialistas que lhe darão as melhores dicas de passeios, praias e festas, além de acomodações de primeira qualidade para que sua temporada seja espetacular.